A estruturação e o uso do funil de vendas têm sido cada vez mais frequentes nos negócios. Entender o que leva um consumidor a tomar uma decisão, prevendo os possíveis pontos de desistência, faz com que a metodologia seja conhecida nas mais diversas áreas – inclusive no ramo financeiro.

Porém, há quem se pergunte se é possível definir uma estratégia de funil de vendas para serviços financeiros. As constantes mudanças no cenário das finanças e no comportamento do consumidor são as grandes responsáveis por essa dúvida.

Em 2017, a Accenture desenvolveu um estudo em que identificou uma mudança no relacionamento entre clientes e instituições financeiras, onde o controle das negociações passava dos fornecedores financeiros para os consumidores. Com essa transformação nos padrões, a capacidade de gerar e manter o interesse de um cliente tornou-se fundamental para o sucesso da instituição.

Mas será que é possível definir uma estratégia de funil de vendas para serviços financeiros? Exemplos de sucesso mostram que sim. Pensar nas oportunidades da área, identificar as etapas presentes em um processo de vendas, além de listar e testar os cenários de vendas são algumas das principais etapas.

O gerente de uma equipe de vendas de serviços financeiros que conhece os passos que levam um lead a fechar negócio, além do tempo médio do processo, tende a atingir e exceder a meta de seu time facilmente.

A estratégia de funil de vendas pode ser um fator de diferenciação para suas negociações?


Definir uma estratégia de funil de vendas para serviços financeiros pode ser mais simples com o apoio deste artigo. Veja no link!